Pular para o conteúdo principal
Pular para o conteúdo principal
Microsoft em sua comunidade

Conhecendo os funcionários do datacenter: Orin Herrod

O sucesso da Microsoft depende de nosso pessoal. Temos orgulho de apresentar algumas das pessoas talentosas de sua comunidade que trabalham em nossos datacenters globais. Descubra o que os inspirou a seguir uma carreira no setor de tecnologia, os diferentes caminhos que seguiram e como é um dia na vida de um funcionário de data center.

Apresentando Orin Herrod

Técnico de data center

Cheyenne, Wyoming

Funcionário desde 2020

Primeiros dias

Orin Herrod cresceu na Geórgia e foi criado com uma irmã mais velha e um irmão mais novo. Ele gostava de passar o tempo ao ar livre e jogar videogame, e começou a trabalhar depois da escola quando era adolescente. O pai de Orin era militar, e o próprio Orin participou do JROTC no ensino médio, seguido de um período na Força Aérea.

O caminho para a tecnologia

Depois da Força Aérea, Orin obteve um diploma de bacharel em ciências do esporte e do exercício e estava discutindo seus próximos passos quando entrou em contato com Troy Amick, da Laramie County Community College (LCCC). Orin percebeu que a TI era um setor em expansão e que uma mudança de carreira proporcionaria a chance de aprender coisas novas e ter segurança no emprego. Orin então se matriculou na Datacenter Academy da LCCC.

Superpoderes

Orin observa que sua disposição para aprender coisas novas ajudou a tornar sua mudança de carreira bem-sucedida. "Todas as noites, depois da aula, eu estudava várias vezes porque estava muito determinado a me aperfeiçoar."

Desde que foi contratado para trabalhar no datacenter de Cheyenne, uma das partes favoritas do trabalho de Orin tem sido a colaboração com seus colegas de equipe para resolver problemas. "A parte mais agradável para mim é fazer com que todos apresentem suas ideias e descubram como superar um problema."

Um dia na vida

Quando Orin chega ao trabalho, ele recebe um resumo do que deve esperar para o dia e, em seguida, começa a lidar com os tíquetes. Orin gosta de trabalhar com "break-fix", o termo para reparos, atualizações ou instalação de sistemas, pois isso lhe dá a oportunidade de aprender e crescer quando fica preso em alguma coisa. Ele passa o tempo investigando problemas com servidores e gosta da camaradagem de trabalhar com sua equipe.

Comida favorita da infância

Pastéis.

A mãe de Orin é das Ilhas Virgens e fazia essa comida tradicional de massa frita recheada com carne moída.
 
 
 
 
.